GTA Sergipe capacita médicos e enfermeiros do Samu

GTA Sergipe

Prestar atendimento aeromédico qualificado à população de Sergipe. Foi com este objetivo que terminou neste sábado (05), o 1º Estágio de Adaptação de Tripulação de Saúde (EATS) do Grupamento Tático Aéreo de Sergipe (GTA/SE).

Por Ricardo Pinho

O curso que é oferecido para médicos e enfermeiros do Samu 192 Sergipe, visa capacitar profissionais de saúde para atuação nas ocorrências aeromédicas a bordo das aeronaves do GTA, um helicóptero multimissão (Falcão 01) e um avião bimotor (Falcão 02).
 
O Estágio foi iniciado na segunda-feira (31) e durou seis dias. Os alunos passaram por aulas teóricas e atividades práticas que abordaram conhecimentos técnicos sobre as aeronaves, história da aviação aeromédica, fisiologia de voo, nós e amarrações, embarque e desembarque com aeronave acionada, fixação de equipamentos, balizamento, fraseologia aeronáutica, criação de ZPH (zona de pouso de helicóptero), trabalho em altura com utilização de cordas através da técnica rapel, dentre outros.
 
Médicos e Enfermeiros que participaram do Estágio comentaram sobre o treinamento. “Foi uma das melhores experiências profissionais da minha vida! A realização de um sonho. Poder levar essa experiência na bagagem e oferecer assistência rápida e efetiva, encaminhando pacientes para o tratamento definitivo e diminuindo os índices de complicações, é simplesmente incrível”, comentou a enfermeira Luciana Alves.
 
Para o médico emergencista, Marcelo Boccardi, o treinamento feito pelos instrutores do GTA fez a diferença. “Fiquei extremamente satisfeito com a capacidade técnica e a perícia dos instrutores do GTA. A didática utilizada na instrução fez a diferença, a boa vontade de toda equipe em transmitir o conhecimento nos deu segurança para executar as atividades com eficiência, o que nos permitirá oferecer uma melhor assistência à população”, comentou.
 
Segundo o Coordenador do GTA, Virgílio Dantas, todas as técnicas são repassadas a exaustão. “Nós do GTA recebemos a missão de capacitar os médicos e enfermeiros do Samu para atuarem como tripulação de saúde nas ocorrências de resgate aeromédico e transferências inter-hospitalares. Então, com base no termo de cooperação técnica, elaboramos o planejamento deste estágio de adaptação com nossos instrutores, o qual estamos finalizando com êxito, mantendo o foco na atividade aérea e com ênfase na segurança de voo. O resultado será uma rápida prestação de socorro aos sergipanos e mais vidas salvas”, explicou Virgílio.
 
Termo de cooperação
 
A parceria entre o GTA e o Samu 192 Sergipe, foi efetivada através de um termo de cooperação técnica celebrado entre a Secretaria de Estado da Segurança Pública e a Secretaria de Estado da Saúde, tendo como objetivo ampliar a assistência oferecida pelo Estado às vítimas de acidentes automobilísticos e pacientes acometidos por agravos a saúde, sejam eles de natureza clínica, traumática, obstétrica, pediátrica, dentre outras, que possam levar a sofrimento, sequelas ou mesmo a morte.
.

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0
DISQUS: 0