Regras para o voo de RPA são enfatizadas pelo DECEA em evento dedicado aos “drones”

O Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) participou, essa semana, de mais um evento dedicado às Aeronaves Remotamente Pilotadas (RPA – Remotely Piloted Aircraft) – popularmente conhecidas como “drones”. Organizada pela MundoGeo, a DroneShow Latin America ocorreu no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo, entre os dias 10 e 12 de maio.

dr1

Foi mais uma oportunidade para o esclarecer aos operadores de RPA as regras de acesso dessas aeronaves ao espaço aéreo. Na terça-feira, dia 10, o chefe da Seção de Planej. de Op. Militares do Subdepartamento de Operações do DECEA, Capitão Leonardo Haberfeld, participou de um conjunto de palestras, debates e entrevistas dedicado aos operadores, imprensa e ao público geral a respeito dos esforços e decisões do DECEA em prol de uma operação segura do RPA .

Em sua palestra abordou, entre outros aspectos, terminologias da ferramenta, seus riscos inerentes, aplicações no mundo, a legislação pertinente, a fiscalização, os procedimentos para solicitação de voo e esclareceu os principais temas da ICA 100-40 – “Sistemas de Aeronaves Remotamente Pilotadas e o Acesso ao Espaço Aéreo Brasileiro”. Aproveitou para também divulgar os projetos em desenvolvimento para o aprimoramento da atividade, como o sistema online que irá agilizar as solicitações de voo ao DECEA e deve ficar pronto já no segundo semestre.

O oficial ainda participou de uma rodada de debates, com os representantes da ANAC e do Ministério da Defesa, atendendo as perguntas dos operadores de RPA e demais interessados, bem como, em outra ocasião, às demandas  e perguntas da grande imprensa.

dr2

Fonte: DECEA – Departamento de Controle do Espaço Aéreo

Assessoria de Comunicação Social do DECEA (ASCOM/DECEA)
Daniel Marinho – Jornalista
Fotos: Luiz Eduardo Perez

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0
DISQUS: 0