Workshop: Manutenção Preventiva para Pilotos

Com o intuito de discutir possíveis alterações normativas, colhendo informações e opiniões de pilotos, mecânicos e outros profissionais da comunidade aeronáutica, a ANAC realizou o Workshop – Manutenção Preventiva por Pilotos no dia 30/01/2017, na unidade regional de Congonhas, em São Paulo-SP.

Durante o workshop foram apresentadas propostas de regulamentação atuais presentes na ANAC, FAA (Federal Aviation Administration) e EASA (European Aviation Safety Agency). E recomendado a leitura antecipada dos seguintes documentos normativos da ANAC, que estabelecem os critérios atuais para manutenção preventiva por piloto:

  • Seções 43.3, 43.7 e A43.1(c) do RBAC 43;
  • Definição de “operar” e “manutenção preventiva” presentes no RBAC 01;
  • e a IS 43-012A.

Como não é possível toda a comunidade aeronáutica ter participado do workshop e discutir sobre um assunto de suma importância, o RottaAtiva gostaria de trazer o conteúdo aos pilotos da asa rotativa colaborando tanto na divulgação dos slides do workshop como abrir, também, a oportunidade para que nossa comunidade possa preencher o mesmo formulário disponibilizado no dia. Este formulário estará aberto para preenchimento até o dia  21/02/2017 e após compilaremos as respostas para envio junto ao departamento responsável da ANAC, para uma avaliação posterior.

Todas estas informações irão colaborar quando for lançado a Audiência Pública da IS 43-012A (data a ser definida).

Como complemento, as manutenções realizadas por pilotos são previstas por lei, nos Estados Unidos, pela 14 CFR Part 43 da Federal Regulations. Muitos fabricantes, incluindo a Robinson Helicopters autoriza os pilotos que se sintam aptos e confiantes para a realização de manutenções nas aeronaves, possam realizar alguns procedimentos “simples”, a exemplo do que se pode encontrar no Pilots Operation Handbook / Section 8 – Handling and Maintenance / Preventive Maintenance by the Pilot, em ambos modelos do R22, R44 e R66. Basta acessar o site da Robinson e no campo Publications, selecione um de seus modelos de helicópteros e depois o POH, uma vez dentro busque o tema na Section 8.

Enfim, a ANAC gostaria de nosso apoio para descobrir, por exemplo, os prós: 

  • Auxílio em regiões distantes de oficinas e mecânicos,
  • Reparo em panes simples após pousos imediatos ou assim que praticáveis,
  • Economia com deslocamento de mecânicos até o local da aeronave e etc.

E os contras desta operação:

  • Redução de empregos e lucro nas oficinas,
  • A manutenção por pilotos poderia afetar a segurança de voo e etc.

O intuito não é obrigar o piloto a realizar tais tarefas, mas melhorar a regulamentação em como este profissional poderá realizar tais manutenções, abordando desde os aspectos econômicos, sociais, através de cursos prévios de qualificação, criar uma habilitação específica por modelo de aeronave ou classe, que tipos de serviços a serem realizados, onde registrar os serviços realizados, onde realizar os cursos (fabricante, escolas, CTAC …). Se as sugestões irão diferir muito do que já existe na FAA, EASA, TCAA e etc.

Participe você também e juntos construiremos uma aviação melhor para todos.

Baixe os slides

Acesse o Formulário

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0
DISQUS: 0